domingo, 17 de julho de 2016

O Combate ao Aedes Aegypti em Caucaia Ganha Reforço na Próxima Terça Feira - 19 de Julho.

A Secretaria Municipal de Saúde entrega na próxima terça feira, 19 de julho ás 09hs o laboratório José Lanusse Pinto Gomes de reprodução do peixe beta. Trata-se de uma ação alternativa biológica, já que um peixe beta chega a eliminar cerca de 400 larvas do mosquito dia e será colocado em locais de acumulo de água do tipo cacimbas e nos depósitos com capacidade superior a 200 litros como os tanques e cisternas, evitando assim a reprodução das larvas do mosquito Aedes Aegypti. O laboratório estará reproduzindo cerca de 10.000 peixes mês possibilitando a efetivação da ação biológica de maneira sustentável sem agredir o meio ambiente.
Vale lembrar que a estratégia aplicada pelos agentes de controle de endemias requer a parceria da população, em especial no período de escassez d'água, aonde a população armazena por mais tempo proporcionando o aumento dos criadouros, consequentemente o aumento da dispersão do mosquito que transmite as doenças Dengue, Zika e a Febre Chikungunya.

Maiores informações:3342.8010.

Secretaria de Saúde de Caucaia inicia a Campanha de Vacinação Contra a Raiva Animal na Zona Rural

Com o inicio no ultimo dia 04 de julho, a Secretaria Municipal de Saúde através do Setor de Controle de Endemias e Zoonoses deu a largada na Campanha de Vacinação Contra a Raiva Animal de cães e gatos. Conforme o planejamento elaborado a Campanha de Vacinação é antecipada na zona rural compreendendo as localidades situadas nas regiões da BR 020, BR 222 e Garrote, em virtude da grandeza territorial ficando para o dia D em 02 etapas a zona urbana e os distritos.  
Vale lembrar que o dia D deverá acontecer em data a ser confirmada pela Secretaria de Saúde do Ceará, sendo aguardo o final de novembro, ou o inicio de dezembro. Até lá devem ser vacinados cerca de 20.000 animais entre cães e gatos na zona rural com a visita casa a casa da equipe de vacinadores da zoonoses.
A Secretaria de Saúde de Caucaia informa que o objetivo é atingir 80% da cobertura vacinal para que o município continue livre do vírus rábico.
Maiores informações: 3342.8010

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Secretaria de Saúde de Caucaia orienta a população sobre os animais peçonhentos

Durante todos os dias é preciso ter cuidado com os animais peçonhentos. Em Julho o período de férias escolares, exploração de trilhas, da poda de cajueiro os cuidados devem ser redobrados. A melhor forma  é evitar acidentes com cobras escorpiões, aranhas e outros bichos peçonhentos é a prevenção. 
A Secretaria de Saúde informa a população quais providências devem ser tomadas, caso haja o acidente pelo animal peçonhento.

COMO SE PROTEGER

1. Utilizar equipamentos de proteção individual (EPI), como calçados fechados e botas de cano longo ou perneiras, durante atividades rurais, manuseio de materiais de construção, transporte de lenhas, movimentação de móveis, limpeza de jardim, quintais e terrenos baldios.
2. Não colocar as mãos em tocas ou buracos na terra, ocos de árvores, cupinzeiros.
3.No amanhecer e no entardecer, evitar a aproximação da vegetação muito próxima ao chão, gramados ou até mesmo jardins, pois é nesse momento que serpentes estão em maior atividade.
4. Inspecionar roupas, calçados, toalhas de banho e de rosto, roupas de cama, panos de chão e tapetes, antes de usá-los.
5. Afastar camas e berços das paredes
6.  Controlar roedores existentes na área.
7.Limpar móveis, cortinas, quadros, cantos de parede e terrenos baldios (sempre com uso de EPI).
8. Vedar frestas e buracos em paredes, assoalhos, forros e rodapés. Utilizar telas, vedantes ou sacos de areia em portas, janelas e ralos.

PRIMEIROS SOCORROS

1. Lavar o local com água e sabão. Manter o membro picado (perna ou braço) em posição confortável. 2.Procurar imediatamente o serviço de saúde mais próximo.
3.  Na picada por aranha ou escorpião, usar compressas mornas para ajudar no alívio da dor. No local de contato com lagartas, usar compressas com gelo ou água gelada para aliviar a dor.

Maiores informações: Núcleo de Controle de Endemias e Zoonoses - 33428010

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Secretaria de Saúde de Caucaia realiza ação de controle de escorpião na localidade Cumbuco

 A Secretaria Municipal de Saúde de Caucaia em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado por meio do Núcleo de Controle de Vetores de Doenças Transmissíveis realiza nesse dia 07 de julho ação de busca, seguido de orientações para o controle de escorpião na localidade do Cumbuco. A ação contempla o Programa de Controle de Animais Peçonhentos que está disponível através do contato 3342.8010, sendo necessário a captura do inseto para identificar a especie e o grau de risco a população. 
Conforme esclarece o Núcleo de Controle de Endemias e Zoonoses de Caucaia após as chuvas é muito propício o aparecimento de escorpiões, considerados animais peçonhentos  que injetam veneno por ferrão na ponta da cauda, sendo encontrados em ambientes habilitados pelo homem, principalmente próximo aos córregos, cemitérios, construções e linha férrea. Eles se escondem próximos as residências, entulhos, embaixo de pedras, mato, lixo, tijolos, telhas etc...Dentro das casas, a atenção, em especial, deve ser na saída de esgoto, ralos e caixa de gordura, pois os escorpiões procuram locais escuros e se alimentam principalmente de baratas. Por isso, a importância de se combater o aparecimento desses insetos, que se tornam atrativos. No próximo dia 13 de julho o mutirão acontecerá no bairro Nova Metrópole.

domingo, 24 de abril de 2016

Secretaria de Saúde de Caucaia realiza de 25 a 29 de Abril Levantamento do Índice Rápido Para Mapear os Riscos de Infestação do Aedes Aegypti

Durante a semana o Núcleo de Controle de Endemias e Zoonoses  através dos agentes de controle de endemias estará realizando o mapeamento dos bairros urbanos utilizando a ferramenta solicitada pelo Ministério da Saúde, o Índice Rápido de Infestação Predial - LIRA, aplicado em uma amostragem de casas pesquisadas para a identificação da infestação do Aedes Aedes Aegypti permitindo uma avaliação, enquanto a dispersão do mosquito nos bairros passando a classificá-los em estado de baixo risco, alto risco ou alerta para o melhor direcionamento das estratégias operacionais de ataque aos locais de maior proliferação do transmissor da Dengue, Zika e Febre Chikungunya. 
Conforme balanço realizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Caucaia de janeiro a abril já foram vistoriados 114.1197 imóveis entre prédios públicos, comércios e industrias. No mesmo período ficaram fechados 11.369 imóveis. De janeiro a abril foram realizados 02 ciclos de visitas domiciliares com intervalos de 60 dias, Nesta segunda feira (25 de abril) dará inicio o 3º ciclo de visitas domiciliares seguindo até dia 30 de junho.

Núcleo de Controle de Endemias e Zoonoses de Caucaia Realiza Monitoramento para o Controle da Leishmaniose Visceral (Calazar)

A ação tem como finalidade estabelecer uma fase de estudos no período mais favorável para a transmissão do agravo, e assim direcionar as medidas de prevenção e controle químico do vetor a serem adotadas. Vale lembrar que em Caucaia a maioria de casos de Leishmaniose Visceral (Calazar) estão concentrados na região urbana. 
Segundo o levantamento histórico dos casos humanos de Leishmaniose visceral nos últimos 05 anos  verificou-se a necessidade do monitoramento ser realizado em oito localidades na área urbana com a maior concentração dos casos. Nos pontos de coletas nas oito localidades estão sendo instaladas as armadilhas no intra e peridomicílio, em especial nos locais com atrativos  para o mosquito com galinheiros, pocilgas e em cômodos das pessoas dormir. Após 12 horas as armadilhas são retiradas e encaminhadas ao laboratório para identificação da espécie. 
O Calazar é um dos principais problemas de saúde pública, sendo fundamental o monitoramento direcionando os locais para as  ações de controle, conforme orienta o Programa Nacional de Controle da Leishmaniose Visceral.   

Núcleo de Controle de Endemias e Zoonoses de Caucaia - 3342.8010